Arquivos do Blog

Max Payne 3 é adiado novamente

Uma má notícia que também é boa foi divulgada hoje pela Rockstar. O terceiro capítulo da fraquia Max Payne foi adiado mais uma vez, mas calma, o atraso será apenas de dois meses e não de mais um ano como vem acontecendo desde 2009. O motivo do adiamento, e essa é a parte boa, é que esses dois meses serão usados para um melhor dilapidar do game que faz uso das engines RAGE e Euphoria.

Desenvolvido pela Rockstar o game se passará na cidade de São Paulo e promete ser o mais fiel possível ao espírito pualistano, trazendo até detalhes do folclore de nosso país como a mula sem cabeça que no game serve de logo para o jornal fictício Sentinela de São Paulo. O jogo que promete ser o mais cinematográfico já feito até hoje trás na capa o edifício Copam e será lançado para PS3, Xbox 360 em 15 de maio e para PCs duas semanas depois.

Veja o trailer de Max Payne 3

Anúncios

Trailer de lançamento: GoldenEye Reloaded

A menos de uma semana de ser lançado GoldenEye Reloaded ganhou um novo trailer. O vídeo apresenta um ritmo corrido e bem cortado embalado pelo clássico tema do espião. O remake do reboot como vem sendo chamado internet a fora chegará as prateleiras no próximo dia primeiro para a felicidade dos donos de PS3 e Xbox 360 e talvez revolta dos donos de Wii que achavam serem os únicos a receber o título da Activison e Eurocom.

Trailer de lançamento:

Coletânea Mortal Kombat

Depois de disponibilizar vários pacotes de DLCs para o mais recente game de Mortal Kombat a Warner resolveu reunir em uma coletânea os três primeiros games da série originalmentes lançados para arcade nas lojas virtuais do PlayStation 3 e do Xbox 360. Confira abaixo o trailer de lançamento e um de jogabilidade.

 

Mortal Kombat Arcade Collection – Launch Trailer

 

Mortal Kombat Arcade Collection – Gameplay:

Ghost of Moscow: Death to Spies tem detalhes revelados

Ghot of Moscow: Death to Spies é um título exclusivo para Xbox 360 e PCs ainda por ser lançado no mercado. O game aborda o mundo da espionagam como nenhum outro game jamais fez, utilizando da sutileza em que esse universo tão fascinate de intrigas se baseia, mas também fazendo grande uso de ingredientes clássicos utilizados em games de James Bond, Splinter Cell e Metal Gear onde os corpos de inimigos abatidos devem ser escondidos para não levantar suspeita e claro o famoso pega-pega de espião contra espião, a jogabilidade stealth. Death to Spies também faz uso do que parece ser uma versão da Eagle Vision da série Assassin’s Creed e de disfarces que lembram o primeiro Missão Impossível lançado em 1998.

Desenvolvido pela 1C Company o game é uma festa para os olhos com cenários bem detalhados e veículos como Rolls Royces clássicos que ajudam o jogador a entrar no mundo classudo da espionagem internacional dos anos 50 e 60. O jogador pode controlar três personagens distintos, uma mulher chamada Olga, um homem com o nome de Viktor e o terceiro dessa lisa ainda não foi revelado. A ação deve passar por locações como Miami e Cuba e ter cerca de quinze horas de jogabilidade. Ghost of Moscow: Death to Spies será lançado ano que vem.

 

Veja vídeo de jogabilidade de Ghost of Moscow: Death to Spies

“Outro GoldenEye.”

Agora é oficial. Os rumores de que o próximo game de James Bond seria uma versão para PlayStation 3 e Xbox 360 de GoldenEye 007 lançado ano passado para Wii se confirmaram. O game permanece o mesmo do ano passado mas traz agora gráficos em alta definição, coisa que o console da Nintendo não é capaz de suportar. Além disso o game também trará uma novidade chamada MI6 Ops Missions onde o jogador poderá criar ao seu gosto cenários para se atuar nas diversas modalidades de jogo que existem no game como AssaultEliminationStealth Defence. Intitulado GoldenEye 007 Reloaded, o game ainda sem data de lançamentoi definida deve chegar as prateleiras no final do ano.

Será que o game da Raven Software que vazara em dezembro foi cancelado ou está na geladeira? Será que 2011 será marcado pelo lançamento de dois games do espião assim como foi 2010? O jeito é esperar para ver. Mais informações devem ser divulgadas na Comic Con que acontece de 21 a 24 de julho.

 

GoldenEye 007 Reloaded

“Outro GoldenEye?”

Na última sexta-feira a Activision registrou o domínio dos seguintes endereços que futuramente poderão ser o de um novo site do próximo game de James Bond. São eles: goldeneyereloadedgame.com, goldeneye007gamereloaded.com, goldeneyereloaded007.com, and goldeneye007reloaded.com.

Apesar de se acreditar que um game totalmente original do espião está em desenvolvimento pelas mãos da Raven Software devido a um trailer de desenvolvimento que vazou em dezembro nada mais foi dito pela Activision, a não ser que um novo game de 007 seria lançado no final deste ano. Agora surge esta notícia sobre GoldenEye.

Em novembro uma versão reimaginada, como a empresa prefere chamar, de GoldenEye foi lançada para o Wii da Nintendo pela Eurocom que faz parte do conglomerado da Actisivion. A Nintendo porém não possibilitou que o jogo fosse lançado para os consoles de suas concorrentes, o PlayStation 3 e o Xbox 360 respectivamente da Sony e da Microsoft. O game vendeu bem, ao contrário de Blood Stone, game também de James Bond lançado no mesmo dia que teve vendas baixíssimas e culminou no fechamento da Bizarre Creations que desenvolvera o jogo para a Activision.

O site http://www.mi6-hq.com noticiou as possíveis possibilidades envolvendo o nome GoldenEye.

  1. O game lançado em 2010 pode estar sendo preparado para ser lançado para PlayStation 3 e Xox 360, visando que o mercado de games de tiro sempre foi mais centrado nesses consoles. É possível que talvez algum contrato de exclusividade com a Nintendo envolvendo o nome do game tenha expirado o que possibilita as desenvolvedoras do games de lançá-lo agora para as outras plataformas.
  2. Em 2008 uma versão de GoldenEye seria lançada para compra na Xbox Living Arcade e na PlayStation Network comemorando o aniversário de 10 anos do GoldenEye original lançado em 1997 para Nintendo 64. A Nintendo inviabilizou o projeto que foi engavetado.
  3. Uma versão melhorada, principalmente no quesito gráfico do game lançado ano passado estaria em desenvolvimento para o futuro console da Nintendo, o Wii U, que será lançado em 2012.
  4. Com o lançamento de games clássicos do Nintendo 64 sendo preparados para o Nintendo 3DS como é o caso de The Legend of Zelda: Ocarina of Time, uma versão do GoldenEye original também pode estar a cominho do portátil.
  5. A cada ano que passa filmes clássicos são relançados em DVD e agora também em Blu Ray contendo cada vez mais extras, o que força aos fãs comprarem o mesmo produto repetidamente. GoldenEye pode ser o primeiro game a fazer o mesmo, já que a Nintendo não possui uma loja virtual como é o caso da PlayStation Network e da Xbox Living Arcade para se comprar e fazer downloads de conteúdos adicionais para os games. Assim o mesmo jogo lançado no final de 2010 seria relançado com novas missões talvez.

Tudo o que foi apresentado na verdade são apenas especulações já que nada foi ainda divulgado pela Activision.

Ano passado a versão de GoldenEye para Wii e Blood Stone foram apresentados ao público em um evento próprio realizado em Londres chamado Bond Event 2011. Como nada relacionado a James Bond foi mostrado na E3 deste ano acredita-se que uma nova edição do evento exclusivo de 007 será realizado em julho, mesmo mês que no ano passado.

Metal Gear Solid: Peace Walker versão Xbox 360

No vídeo a seguir vemos uma rápida demonstração da versão de Metal Gear Solid: Peace Walker para Xbox 360 narrada por Sean Eyestone da Kojima Pruductions. Ao decorrer do vídeo é possível ver as melhorias gráficas feitas na nova versão do game.

Ano passado houveram boates de que uma versão de Peace Walker seria lançado para PlayStation 3. O game é parte fundamental na saga criada por Hideo Kojima.

Peace Walker será lançado em novembro deste ano para Xbox 360 e PlayStation 3 em uma coletânea que contera também Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, Metal Gear Solid 3: Snake Eater. Agora é só esperar pela volta destes clássicos.

 

Metal Gear Solid: Peace Walker – Xbox 360

Resumo da E3 2011

A E3, maior feira de videogames das Américas aconteceu esta semana no Los Angeles Convention Center entre o dia 7 e 9. Nas linhas abaixo você confere muitas das novidades que as maiores desenvolvedoras de games apresentaram no evento que atraiu milhares gamers de todo o mundo totalizando um número de 46.800 pessoas.

Durante a feira a Nintendo apresentou o seu novo console que deve substituir o Wii à partir do ano que vem. A nova plataforma se chama Wii U e nele o jogador pode interferir diretamente do console com a televisão e navegar livremente pela internet. O controle do Wii U possui uma tela sensível ao toque que permite o jogador de continuar a jogar mesmo que seus pais mudem o canal da televisão na hora da novela.

A Sony também deu mais detalhes do seu novo portátil que atende pelo nome PS Vita. O portátil tem conxão 3G, mas para obtê-la o jogador terá de desembolsar cerca de cinqüenta dólales à mais. O aparelho também possui tela sensível ao toque e terá um preço médio de U$250.

Novos games também foram anunciados assim como muitas novidades de games que já estavam na lista de compra de vários gamers. Uma adaptação do novo filme de Steven Spielberg baseado nas aventuras de Tintin, criação do belga Hergé está em desenvolvimento pelas mãos da Ubisoft. Um novo trailer para Assassin’s Creed Revelations foi mostrado além de novidades de jogabilidade. O trailer custou à Ubisoft uma bagatela de U$2 milhões de dólares. Um vídeo de jogabilidade do novo Tomb Raider, o reboot da série causou alvoroço entre os fãs. Hideo Kojima, criador de Metal Gear Solid anunciou que uma coletânea contendo Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, Metal Gear Solid 3: Snake Eater e Metal Gear Solid: Peace Walker será lançada em novembro para PlayStation 3 e Xbox 360.

A seguir você confere diversos trailers de futuros lançamentos mostrados na E3. Afinal uma imagem vale mais que mil palavras.

 

Assassin’s Creed Revelations

 

Mass Effect 3

 

Star Wars Kinect

 

Final Fantasy XIII 2

 

Luigi’s Mansion 2

 

Kid Icarus Uprising


Super Mario 3D

 

Wii U

 

The Adventures of Tintin: The Secret of the Unicorn

 

Tomb Raider jogabilidade

 

Resident Evil: Operation Raccoon City

 

Soul Calibur V

 

Ninja Gaiden III

 

Batman: Arkham City

Bizarre Creations 1994 – 2011

Não há mais luz. As mesas se encontram vaziam, as janelas fechadas com as cortinas cerradas, os interruptores voltados para baixo e as portas trancadas. Não há um som sequer. É uma imagem congelada do tempo. De um tempo que passou e que enquanto durou foi maravilhoso. Mas agora o que resta apenas é o silêncio. Os móveis guardarão as lembranças felizes de outrora, mas o farão somente para si. Não há mais luz.

Nesta última sexta-feira a Bizarre Creations fechou suas portas pela última vez e é com um forte sentimento de saudosismo que redijo o texto a seguir.

Bizarre Creations foi a evolução da antiga desenvolvedora de games Raising Hell Software fundada em 1988 por Martyn Chudley que mas após sofrer pressão da Sega teve de largar mão do nome Hell e ficou sem um nome até ser adquirida pela Psygnosis que fazia parte da Sony. Os novos donos aceleraram o processo para se achar um novo nome e foi então que o fundador da companhia redigiu no documento de compra entre as duas empresas o nome Weird Concepts. Posteriormente o documento foi passado pela enciclopédia do Microsoft Word e Weird Concepts tornou-se Bizarre Creations. Era a mão do destino.

File:Bizarre Creations 2000 Logo.png

Antigo logo da empresa usado em 2000 – 2001


O time de criação da Bizarre começou com apenas 5 pessoas e logo lançaram mãos à massa e começaram a desenvolver um projeto chamado Slaughter (matadouro). Após assistir ao demo do projeto a Psygnosis se impressionou e incumbiu a Bizarre do desenvolvimento de Formula 1 para o na época inédito PlayStation. O resultado foi que o game de corrida se tornou o mais vendido na Europa no ano de 1996.

File:Formula 1 Coverart.png

Formula 1 foi o primeiro game da Bizarre Creations


A Bizarre passou então a desenvolver games expecializados em corridas. Depois de Formula 1 para PlayStation e PC foi a vez do Dreamcast receber um título da companhia de Liverpool. Metropolis Speed Racer de 2000 assim como a game anterior foi uma grande vitória da empresa.

Em 2001 a Bizarre Creations criou uma das mais bem sucedidas franquias de games do gênero corrida que se iniciou com Project Gothan Racing para Xbox. Dois anos depois a Bizarre foi adquirida pela Microsoft e passou a desenvolver títulos exclusivos para os consoles da companhia de Bill Gates. Nos anos subsequentes duas continuações de Project Gothan foram lançadas entre outros tantos games de gêneros variados até que em 2007 o contrato de exclusividade com a Microsoft terminou e a Bizarre Creations foi incorporada à Activision mas não antes de a quarta parte de Project Gothan ser lançada para o Xbox 360. Depois da separação entre a gigante de Bll Gates e a Bizarre Creations os direitos do título continuaram em poder da Microsoft. A Bizarre não poderia mais desenvolver games sobre a franquia.

File:Project Gotham Racing Coverart.png

O primeiro Project Gothan Racing para Xbox


À partir de 2007 a Bizarre lançou games multiplataforma, investiu em novos gêneros e criou novas franquias como Boom Boom Rocket e Geometry Wars cujo game original saíra ainda durante a parceiria com a Microsoft. O game The Club era algo inédito na empresa que resolveu investir em um gênero muito lucrativo, violência pesada. Em 2010 um quarto game de Geometryc Wars foi lançado para aplicativo de iPhone e um inédito game de corrida chamado Blur chegou às lojas. Mas foi em novembro que aquele que deveria ser um dos maiores títulos da empresa foi o seu último.

File:Blur (video game).jpg

Em 2010 foi a vez de Blur


Em julho de 2010 fora anunciado que o novo game da empresa seria também a nova aventura do mais famoso espião do mundo. James Bond 007: Blood Stone deveria ser um marco para a empresa e também para os fãs do espião que desde James Bond 007: Everythig or Nothing desenvolvido pela EA Games esperavam por um game descente do personagem.

Era possível ver pelos diários em vídeos lançados pela produção o entusiasmo de todos os envolvidos no projeto por estarem trabalhando em um game de um personagem que também era um conterrâneo. Foi criada muita expectativa. Então o game foi lançado e também nocauteado pelo próprio James Bond. No mesmo dia do lançamento de Blood Stone a nova versão de GoldenEye 007 para Wii feita pela Eurocom também em parceiria com a Activision chegou às mãos dos fãs. Era de se imaginar que uma nova versão de um dos games mais prestigiados da história que deflagrou um gênero e um estilo de jogabilidade que é usado até hoje faria muito mais sucesso que um game que apresentava uma história totalmente inédita. Enquanto o novo GoldenEye vendia milhões Blood Stone ia na contramão. Nem seus gráficos superiores e detalhes dados aos cenários e figurinos foram capazes de superar GoldenEye.

File:Blood Stone cover.jpg

James Bond 007: Blood Stone, último game da Bizarre Creations


Com o fracasso do game a Activision disse estar entre a cruz e a espada com a Bizarre Creations e que a companhia corria o risco de fechar. Um mês se passou e enfim o que se mostrava inevitável aconteceu. Como foi dito anteriormente a Bizarre Creations fechou suas portas pela última vez nesta sexta-feira e deixou desempregados cerca de 200 pessoas que se despediram com um forte aperto no peito mas também com o sentimento de dever cumprido.

A última realização desses 200 ex-funcionários foi a concepção de um vídeo de pouco mais de 2 minutos em tributo a todos aqueles que um dia passaram pela empresa. Uma mensagem dedica o vídeo a todos os homens e mulheres que ajudaram a fazer da Bizarre Creations o que ela foi um dia.

Porém somente as pessoas morrem. Um nome, seja ele qual for sempre permanecerá entranhado nas raízes da história não importando o quão profundo tais raízes estejam enterradas. Bizarre Creations 1994 – 2011. Esses números não representam o fim de um nome, apenas de uma fase. Uma companhia com um nome tão “Bizarro” ainda promete muito e um dia voltará para continuar surpreendendo. Tal fato já ocorreu antes com companhias de outras mídias.

A queda da empresa se deu de dentro para fora, como uma implosão. Se os responsáveis fossem mesmo responsáveis jamais teriam marcado o lançamento dos 2 games de James Bond para o mesmo dia. Se tivessem se preocupado em fazer o próprio trabalho, pesquisas e enquetes para saber o que pensavam os fãs jamais teriam cometido tamanho erro. Mas a ganância os fez pensar que ambos os games venderiam como água potável no deserto, ainda mais em uma data tão perto da natal. Eis o resultado. Um game excelente, como foram todos os lançados pela Bizarre acabou por matar a própria mãe ao nascer.

Assista ao vídeo de despedida dos funcionários

20 de maio de “1947”

LA Noire tem um novo trailer dejogabilidade e data de lançamento. O game que ficou em desenvolvimento por tantos anos já passou por várias especulações e adiamentos, e o lado bom de tudo isso são as melhorias tecnológicas que foram empregadas na produção durante o longo período de desenvolvimento.

O jogador assume o papel do veterano de guerra mas inesperiente policial Cole Phelps na Cidade dos Anjos no ano de 1947. Uma trama central ainda não foi revelada mas no game o jogador deve desvendar crimes diversos e inspirados em ocorrências reais da época usando de um modo inovador técnicas de investigação e elevar o status do personagem protagonista dentro da corporação. O crime mais conhecido daquela época atualmente foi o da Dália Negra que teve um filme homônimo em 2007 dirigido por Brian de Palma e inspirado no românce de estreia do escritor James Ellroy.

O que realmente chama atenção no game é o nivel de detalhismo que foi empregado. A reprodução da cidade de Los Angeles é fiel à da época! Somente por esse quesito já vale desembolsar umas moedas e adquirir o game para fazer um tour pela cidade. Outro jogo que recriou com precisão uma cidade de verdade foi o game The Getaway que se passava em Londres. Outro aspecto é como foi feita a capitura de movimento dos atores usando além do recurso habitual a utilização de nada mais do que 32 câmeras para realmente capituras e registrar cada expressão facial. É incrivel ver as reações e contrações dos músculos dentro do game. Além dos atores emprestarem seus rostos eles também dublam os seus próprios personagens o que faz o game ter realmente um elenco de cinema. O personagem de Cole Phelps tem a aparência e a voz do ator Aaron Stanton de Mad Men.

Agora vem o fato que com certeza vai agradar aos fãs de cinema principalmente do gênero noir. Toda a atmosfera do game é carregada por esse gênero, daí seu título. Mistério, intriga, uma sensualidade não explícita e jazz!! Fora as drogas e o álcool que são ingredientes costumeiros.

LA Noire é desenvolvido pela Team Bondi e será lançado pela Rockstar. O game apresenta uma jogabilidade parecida com a de Red Dead Redemption lançado no ano passado pela Rockstar San Diego. Reparem durante o vídeo a seguir no pequeno mapa no canto esquerdo da tela. Os pontinhos azuis para aliados e os vermelhos para inimgos são idênticos aos de RDR. LA Noire tem data de lançamento prevista para 20 de maio deste ano e está disponível para PS3 e Xbox 360.