Arquivos do Blog

Quando a ira invade a paixão

100 anos de história e o Corinthians ainda não conseguiu ser campeão da Libertadores.
Em 2011, o que parecia ser a solução desse problema virou uma ferida aberta, que começou a arder e sangrar.
O time foi eliminado pelo desconhecido e fraco Tolima, da Colombia, se tornando o primeiro clube brasileiro na história a cair na fase da Pré-Libertadores.
E agora sobrou para jogadores, treinador, diretoria e presidência.
A torcida está enfurecida, pedindo a saída até dos mais renomados nomes do Corinthians (os mesmos que gritavam louvores por eles ano passado) como Ronaldo e Roberto Carlos.
Tite foi esculachado, Andrés Sanchez até ameaçado de morte e CT invadido e depredado.
Isso tudo porque o time fez um jogo pífio e não mostrou raça e vontade de ganhar.

Torcida protesta no CT


Mas agora venho com uma questão: O que é o futebol?
Segundo o dicionário, futebol é: Esporte no qual vinte e dois jogadores, divididos em dois conjuntos, esforçam-se por fazer entrar uma bola na baliza do conjunto contrário, sem intervenção das mãos.

Só para constar, percebam a palavra ESPORTE!
Em um esporte, sempre tem um vencedor e um perdedor.
Perder também faz parte. Não existe favoritismo quando a bola rola, são 11 contra 11.
Tudo pode acontecer.
Zebras acontecem.
O que é ABSURDO é um bando de MARGINAIS, sim, porque quem destruiu os carros dos jogadores e o CT não podem ser considerados torcedores do Corinthians e sim bandidos, fazerem tudo isso pensando estar ajudando o clube.
Os verdadeiros torcedores do Corinthians, e de qualquer outro clube que tem torcedores apaixonados, não querem ver o time afundar ainda mais.
A derrota da forma que foi frustrou, sim é verdade, mas não é motivo para violência.
Não percebem que dessa forma não ajudam seu time, só atrapalham?
VERDADEIRO torcedor do Corinthians, você entende o que estou falando, você tem direito de cobrar, na paz, mas não do jeito que está sendo. Deixando claro que não são todos, são apenas os BURROS marginais.
O torcedor de verdade está apenas triste, chateado, mas nunca pensou em se revoltar contra o time do coração.
Isso sim é tocer, apoiar nos maus e nos bons momentos.
Chega de violência no futebol, vamos honrar nossa torcida com apoio e protestos pacíficos.
Não é o fim do mundo para o Corinthians, pois com certeza um título não vai tirar a história de um clube de 100 anos de tradição.

Anúncios