Arquivos do Blog

Os Vingadores

Os Vingadores nos mostra o ápice de uma evolução cinematográfica que começou em 2008 quando os estúdios Marvel lançaram o seu primeiro filme, Homem de Ferro. Aparentemente o filme parecia apenas mais uma adaptação de quadrinhos para a telona, mas depois da cena pós-créditos onde Nick Fury surge na morada de Tony Stark para discutir sobre a chamada Iniciativa Vingadores a humanidade pode ter o primeiro vislumbre de um novo universo que se formava. Era como se tudo o que viera antes em adaptações do gênero tivesse sido apenas uma catapulta, como a peça de um foguete que se solta no espaço.

Os integrantes deste foguete mais que cinematográfico se apresentaram nos anos subsequentes; O Incrível Hulk, Homem de Ferro 2, Thor e Capitão América – O Primeiro Vingador. Combinados os filmes servem como uma ponte onde sua sustentação é sempre as cenas pós-créditos de cada um. Do outro lado da ponte, os heróis mais poderosos da Terra.

Na trama de Os Vingadores, Loki, considerado morto após a batalha contra Thor é resgatado pela raça alienígena Chitauri que lhe concede o direito de liderar seu exército contra a Terra e recuperar o Cubo Cósmico. Em retribuição Loki estaria livre para dominar os humanos e se tornar rei de Midgard (Terra).

Após chegar causando destruição e morte, somos reapresentar a cada um dos Vingadores, primeiramente com o filme focando-se na discordância e na lavação de roupa suja de cada um, afinal todo mundo sabe que todo super-herói antes de se dar bem com o outro tem que ter um belo arranca rabo.

Finalmente em posse do Cubo Cósmico, Loki abre o portal para a outra dimensão onde o exército extraterrestre espera para dar início a guerra contra a humanidade.

Misto da aventura que deu origem ao grupo de Stan Lee e Jack Kirby lá em 1963 com elementos retirados de Os Supremos de Mark Millar e Bryan Hitch mais a escrita original e meticulosa de Joss Whedon, o mesmo do não tão bem sucedido Serenity – A Luta pelo Amanhã, Os Vingadores simplesmente é um filme sem falhas. Whedon também foi o criador do seriado Buffy e com  certeza foi sua destreza em conseguir conciliar a quantidade exagerada de personagens de um roteiro de duas horas como estes sem que um personagem se sobreponha ao outro que o trouxeram para a Iniciativa Vingadores de Kevin Feige, presidente dos estúdios Marvel.

Os Supremos

O maior medo dos fãs era que uma produção com tantos personagens acabasse simplesmente não dando certo e alguns deles não tivessem o verdadeiro destaque que merecem, esse medo imperou principalmente em relação a Viúva Negra e ao Gavião Arqueiro que não tiveram seus filmes solo (ainda) e apareceram somente nas produções dos outros Vingadores, a Viúva em Homem de Ferro 2 onde a personagem apenas fez sucesso por ser interpretada por Scarlett Johansson, pois no filme do Vingador Dourado a espiã não trazia quase nenhuma referência das HQs. Já o Gavião fez uma ponta em Thor. Mas tal medo não se concretizou e ambos os personagens se mostram relevantes para a trama quanto qualquer outro, tendo seu valor e peso dentro de suas próprias narrativas quanto na principal.

Outro que não fez feio, ou melhor, fez muito bonito foi o Hulk na pele verde de Mark Ruffalo que também deu vida ao monstrengo na captura de movimentos. O Gigante Esmeralda é tão fiel em personalidade quanto em aparência, o que deixa a dúvida, será que Mark Ruffalo é mesmo o Hulk? Brincadeiras à parte, a construção e interpretação do Hulk e de seu alter ego Bruce Banner conquistam fácil, mas apagar da memoria as lembranças enjoativas da versão de Ang Lee interpretada por Eric Bana de 2003 é algo que ainda vai levar algum tempo. Mesmo o Hulk de 2008 da Marvel tinha algo faltando que no Hulk de Ruffalo e Whedon tem em sobra, talvez seja a união de verdadeira mostruosidade com humor, já que o personagem é o maior resposável pelas cenas engraçadas do filme que permeiam toda a produção mas sem perder o tom característico alcançado por Whedon.

Viúva Negra e Hulk em Os Vingadores

Com o Capitão América, Homem de Ferro e Thor não há muito o que inventar, apenas a excitação de os ver novamente em ação. Chris Evans aqui é tão Capitão América quanto foi no filme do ano passado, se mostrando menos sentimental e mais bruto, principalmente com Tony Stark que como sempre não para quieto, acabando com a paciência do Bandeiroso.

Robert Downey Jr. E Chris Hemsworth reprisam seus papeis como Homem de Ferro e Thor respectivamente. Ao lado deles está Tom Hiddleston, o Loki, tão perverso e elegante quanto esteve no filme de seu irmão em 2011. Samuel L. Jackson e Clark Gregg também estão de volta reprisando seus papeis como Nick Fury, diretor da SHIELD e Gregg como o carismático agente Coulson. Junto da dupla se junta Colbie Smulder encarnando Maria Hill, a braço direito de Fury.

Os Vingadores conclui a primeira etapa dos planos da Marvel de criar seu próprio universo cinematográfico totalmente interligado em uma espécie de cronologia quase orgânica, tão viva que se tornou. Enquanto que o primeiro Homem de Ferro pode ser considerado o marco zero que culminou com Os Vingadores, Homem de Ferro 3 que sai ano vem marca o início de uma segunda etapa que seguirá até Os Vingadores 2.

Os Vingadores foi um dos eventos mais aguardados de 2012, o outro é o fim do mundo no final do ano. Pura balela, é claro, mas mesmo que seja verdade a humanidade pode se acabar mais do que satisfeita, pois acaba de realizar o seu maior feito, o feito para a qual milênios e milênios de evolução se destinaram. Se bem que se o mundo acabar não vai haver a continuação… E agora, quem poderá nos salvar? Avante Vingadores!

Trailer

Anúncios

Missão Impossível: Protocolo Fantasma

Quando fiquei sabendo que um novo Missão Impossível estava sendo rodado eu não me estusiasmei muito mesmo sendo um grande fã da franquia. Ultimamente tudo que temos visto são continuações e adaptações que vivem saturando as salas de cinema e que acabam querendo ou não perdendo um pouco do encanto que os blockbusters milionários devem ter. Eis que assisti ao filme.

Missão Impossível: Protocolo Fantasma, quarto filme da franquia de espionagem começa com Ethan Hunt novamente na pele de Tom Cruise sendo resgatado de uma prisão russa pela agente Carter e Benji, respectivamente interpretados por Paula Patton e Simon Pegg. Após a fuga Hunt e sua equipe recebem a missão de se infiltrarem no Kremlin e recuperarem arquivos que identicam o homem simplesmente conhecido como “Cobalto”. Porém a missão dá errado e a explosão de uma bomba leva o Kremlin ao chão. Sem apoio Hunt e seus companheiros são considerados culpados pelo ataque e o presidente americano inicia o chamado Protocolo Fantasma, desativando a IMF.

Sem nenhum apoio Hunt e sua equipe que passa a contar com a presença de William Brandt (Jeremy Renner) viajam para Dubai no encalço de Kurt Hendricks, estrategista nuclear que acredita que a raça humana deva passar por uma seleção  para que assim os fracos sejam separados dos fortes e a humanidade posso assim se livrar do seu crescente estágio de decadência. Hendricks na verdade é Cobalto e intenta iniciar um ataque nuclear com códigos roubados e dar início a Terceira Guerra Mundial.

Depois da incrível cena de alpinismo e rapel improvisado no prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa, Missão Impossível: Protocolo Fanstasma se torna uma correria desenfreada, literalmente, ao redor do mundo para que Ethan Hunt posso impedir o fim do mundo e limpar seu nome e o de seus companheiros.

O diretor Brad Bird  fez uso de um recurso ainda não muito em voga atualmente em filmes do gênero que é não se levar a sério. Em meio a cenas espetaculares de ação o diretor além de jogar piadinhas para a platéia faz piada com elementos clássicos da própria franquia e exagera no uso de bugigangas que até o próprio James Bond ficaria com inveja. Além disso o filme guarda muitas surpresas que vão agradar imensamente aos fãs mais assíduos. São esses pequenos toques de consideração para quem acompanha a cine série desde o início que o filme se torna tão especial, como se tivesse sido feito especialmente para nós. Não falta nada, está tudo na tela. Se o Chico Louco desse estrelas para os filmes que analisa, Missão Impossível: Protocolo Fantasma sem qualquer sombra de dúvidas receberia 5 estrelas.

Trailer

Atração Perigosa

Quando o logo da Legendary Pictures surge na tela já fica evidente   que Atração Perigosa não é mais um filme independente como a maioria que é exibida na Mostra Internacional de Cinema deste ano.

Ben Affleck  que ganhou o oscar de melhor roteiro adaptado por Gênio Indomável em 1998 e que ultimamnet não tem emplacado nenhum filme de grande destaquie surge novamente como diretor depois do filme de 2007 Medo da Verdade. Mas desta vez o desfio foi ainda maior, já que Affleck além de dirigir Atração Perigosa colaborou com o roteiro e atuou como protagonista da história baseada no romance de The Prince of Thieves do autor americano Chuck Hogan.

A história é um drama policial que fala sobre segundas chances e recomeços que se passa no bairro natal do próprio Affleck, e isso não foi por coincidência. A ação se concentra em um grupo de moradores do pequeno bairro de Charlestown em Boston. Os integrantes do grupo são assaltantes de bancos liderados por Doug McRay(Affleck). Após um serviço que terminou com uma refém, a gerente de banco Claire, vivida por Rebecca Hall as coisas parecem começar a mudar. Descobrindo a Claire vive em Charlestown o bando resolve vigiá-la para certificarem-se de que ela não está cooperando com a polícia ou o FBI para solucionar o caso. Porém Doug se apaixona pela gerente e decide largar o ramo de assaltante de bancos que é passado de geração para geração. Quem não gosta nada disso é o personagem interpretado por Jeremy Renner, James Coughlin, o melhor amigo quase psicótico de McRay.

Com um leque de astros e estrelas sobre seu comando Affleck conduz a trama magnificamente. Entre eles está Jon Hamm, o Don Draper de Mad Men, que aqui vive o agente Adam Frawley do FBI que busca um modo de agarrar o bando de McRay. Blake Lively, uma das maiores promessas do cinema atual interpreta fidedignamente a viciada e mula para o tráfico de drogas Krista Coughlin, ex-namorada de McRay. A desempenho da atriz é impressionante, que ao “vestir” o personagem consegue fazer qualquer um que a veja em cena esquecer do papel que a consagrou na tevê como a protagonista absastada do seriado teen Gossip Girl.

Mostrando-se um competente diretor para cenas de ação e com um bom olho para as tomadas externas de Boston, Affleck produz um thriller de assalto a banco quase igual a todos os outros filmes que existem do gênero, se não fosse pelo fato de ter vivido tudo aquilo de perto, revelando um espírito incomum para o filme. Ele mostra as raízes do bairro de Charlestown, suas influências, fazendo-o parecer mais do que um simples cenário urbano. Outra ressalva vale para como é conduzida a narrativa que explora o passado dos personagens, revelando aos poucos como foi que eles chegaram ao seu relacionamente atual, o que aguça a curiosidade do espectador.

Concluindo, Atração Perigosa é um filme que vale a pena ser visto, apesar da atenção estar mais voltada para Ben Affleck e em como ele se sairá dirigindo um filme em que ele mesmo atua.

Trailer:

Esta crítica foi escrita durante a 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Trailer: Missão: Impossível 4 – Protocolo Fantasma

Na nova aventura de Ethan Hunt o espião tem de se tornar um agente renegado e desmascarar os culpados por trás do atentado terrorista que pôs o Kremlin abaixo. Para piorar a situação Hunt e sua equipe são considerados culpados pelo ataque além de terem que confiar em alguém nada confiável que conhece o passado de Ethan melhor do que qualquer um.

Com estreia marcada para 14 de dezembro Missão: Impossível 4 – Protocolo Fantasma ganha mais um trailer com novos detalhes sobre a trama.

Trailer:

Missão: Impossível 4 – Protocolo Fantasma

 

Trailer: Os Vingadores

 

Enfim chegou o trailer do esperadíssimo filme de Os Vingadores. A película que reúne os maiores super-heróis do universo Marve lnas telonas tem estreia marcada para 4 de maio de 2012. Na trama, Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro devem enfrentar Loki, o deus da travessura, filho de Odin e irmão de Thor. Na cola do vilão um exército de… até o momento ninguém sabe quem serão os seguidores do vilão. Muitos especulam pelos Skrulls. O jeito é esperar para ver.

No elenco estão Chris Evans, Robert Downey jr, Chris Hensworth, Mark Ruffalo, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Tom Hiddleston, Clark Gregg, Colbie Smulders, Amanda Riguetti e Samuel L. Jackson.

Trailer
Os Vingadores

 

Vaza na rede trailer de Missão Impossível 4

A quarta parte da cinessérie Missão Impossível inspirada na série de TV homônima dos anos 70 vem sendo aguardado ansiosamente pelos fãs desde o dia em que a produção foi anunciada. O filme intitulado Missão Impossível 4: Protocolo Fantasma tem estreia marcada para o dia 16 de dezembro deste ano, mas até agora pouco havia sido revelado sobre o filme, e a mais quente das novidades veio direto da França.

O trailer em francês da nova aventura de Ethan Hunt foi filmado clandestinamente em um cinema e colocado na internet. Claro que a Paramount não gostou nada e para o nosso azar já tirou o vídeo do ar do nosso tão adorado Youtube mas…

No trailer vemos Tom Cruise em cenas espetaculares típicas da série. Dessa vez ele escala, dispensando dublês como de costume, o mais alto prédio do mundo, o Burj Khalifa, em Dubai.Nas imagens  Cruise aparece de cabelos mais longos o que nos remete ao segundo filme de 2000 que apresentava cenas impressionantes de ação, caminho que parece ter sido o escolhido para o novo filme. No vídeo também somos apresentados a Jeremy Renner que à partir do próximo filme deve assumir a franquia no lugar de Cruise. No elenco também estão Ving Rhames, Simon Pegg, Paula Patton e Josh Holloway. A direção é de Brad Bird e o roteiro de J. J. Abrams em parceria com André Nemec e Josh Appelbaum.

 

Agora é oficial, a Paramount disponibilizou o trailer de Missão Impossível 4: Protocolo Fantasma.