A Filha

Até onde você iria por uma pessoa amada? As vezes só descobrimos a resposta para essa pergunta quando nos vemos atados a uma situação inimaginável. É justamente esta encruzilhada sem saída que o filme grego “A Filha”, retrata.

A trama do filme de Thanos Anastopoulous acompanha a jovem Myrto de 14 anos e as consequências de suas ações extremas. Com um comportamento beligerante em relação à mãe, Myrto vê no pai o seu refúgio, porém tudo muda quando este desaparece. Determinada a encontrá-lo a jovem parte em seu encalço. É quando descobre que o pai fugiu em decorrência de uma dívida com seu sócio, que levou ao fechamento de sua marcenaria, que Myrto resolve se vingar. Sem medir consequências ela rapta o filho do sócio de seu pai e o mantém preso na marcenaria agora abandonada.

A escolha da atriz juvenil, Savina Alimani para o papel de Myrto se mostra um grande acerto. Na verdade, o único acerto do filme. Com seu rostinho impassível, a jovem pode despertar a compaixão de alguns como ira de outros, ou até mesmo ambos os sentimentos. Esse balanço de emoções é o que compele o espectador a continuar sentado com os olhos na tela, nada mais.

Com um roteiro que economiza nas falas, nada mais sobra. Com cenários apertados e atores monossilábicos e sem tempo de trabalhar qualquer emoção ou expressão facial, o filme de Anastopoulos tenta ganhar o espectador com uma falsa ideia de tensão, a não ser a de querer abandonar a sessão.

O roteiro escrito por Anastopoulos e por Vassilis Giatsis perde tanto a linha que nem os vilões mirins de Harry Potter pensariam em fazer as coisas que Myrto se propõe a fazer. A surrealidade é tanta que, na tentativa de deixar um final aberto, o diretor não deixa final algum! A única dívida que realmente importa no filme é a dívida que Anastopoulos deixa para com o público.

Trailer

Anúncios

Publicado em 3 de novembro de 2013, em CRÍTICA - FILMES e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: