Boca Fechada

Image

Tem sempre um dia na vida que tudo vira de cabeça para baixo. A tão conhecida rotina fica presa no banheiro e a gente nem imagina aonde vai terminar o dia. É exatamente sobre isso que fala “Boca Fechada”, o novo filme Elder Fraga, diretor dos premiados “O Último Dia” e “Nigéria – Fim da Linha”.

Neste novo curta do diretor, que também assina o roteiro da produção, acompanhamos a deliciosa Monique (Gabriela Wazlawick) em seu carro, indo ao encontro do seu amigo e barman, Jurandir (Ricardo Gelli). Eis que a ruiva, com seu visual saído das HQs da Marvel, conta ao quatro-olhos a história mais bizarra do mundo. Tudo culpa da rotina, que resolveu tirar uma folga. A moça, nessas desventuras da vida, conheceu o chinês Wong (Tony Lee), que a chamou para jantar em sua casa. Como de graça vai até injeção na testa, Monique aceitou a boca livre e logo percebeu que não se tratava de um jantar convencional. Em uma noite, as coisas mais bizarras do mundo aconteceram, e foi difícil até para o barman acreditar, mas quando acreditou, quase surtou!

Comparado aos dois filmes anteriores de Fraga, “Boca Fechada” deixa visível a evolução deste cineasta, com planos sequencias lentos, que acostumam os olhos do espectador ao que acontece na tela. Os takes em que Jurandir vira seus shots de vodka são hilários, e servem para deixar subentendidos que o cara vai fazer merda, se por um acaso, um acaso eu disse, pegar um 38. Porém, a promessa não é cumprida e isso chateia um pouco.

Quanto aos atores, Gabriela Wazlawick convence como uma garota volátil que gosta de se meter nas esparrelas mais inusitadas. Gelli mais uma vez prova que é um ator daqueles raros, que quando aparece na tela a gente não esquece tão cedo. Tony Lee é doido de pedra, e vai gostar assim do Flamengo lá na China (não deu pra resisitir)! E, fechando o elenco, temos Akemi Higashi interpretando a esposa do personagem de Lee. Quietinha em seu quimono, dá a entender que seu personagem é um enfeite, mas Elder Fraga ataca de novo. Sem roupa e com aquelas tatuagens, a moça não precisa falar mais nada, é outro grande talento que interpreta com os movimentos, como se realizasse uma dança chinesa.

Na parte técnica, está tudo ótimo. Vale destaque a fotografia específica de cada cenário e a técnica de uso de animação remetendo a histórias em quadrinhos 3D ao exemplo de Kick Ass, feitas por Marcelo Costa e Magno Costa.

Mais uma vez, Elder Fraga leva o ser humano ao limite de suas ações e seus instintos mais reprimidos, como o desejo sexual e por que não, até mesmo o desejo de matar.

Trailer de Boca Fechada

Anúncios

Publicado em 24 de janeiro de 2013, em CRÍTICA - FILMES. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: