O Exótico Hotel Marigold

A primeira vez que ouvi falar de O Exótico Hotel Marigold foi no final do ano passado ao ler uma entrevista com Judi Dench onde a atriz veterana foi questionada se lhe agradaria o fato de voltar para a Índia para filmar o novo 007 Operação Skyfall que na época teria cenas filmadas no país. A entrevista mencionava a experiência anterior de Dench no pais dos marajás ao filmar O Exótico Hotel Marigold. O título me pareceu interessante na época mas logo depois nem me lembrava mais dele e sequer cogitei a ideia de assisti-lo um dia. Mas o dia chegou, assim, do nada, e o título só me despertou a lembrança da entrevista menos de cinco minutos atrás.

No novo filme de John Madden, diretor de Shakespeare Apaixonado e Capitão Corelli, acompanhamos a vida e os problemas de pessoas completamente diferentes que há muito já dobraram o cabo boa esperança e cada uma com seu cada um, embarcam em uma viagem para a Índia rumo ao exótico Hotel Marigold.

É nesse novo mundo sem regras de trânsito, sem ternos chiques, sem a frieza encarquilhada da boa etiqueta britânica que o destino dos sete protagonistas se cruzam como um novelo de lã. No elenco principal estão a já citada Judi Dench, Bill Nighy, Tom Wilkinson, Penelope Wilton, Celia Imrie, Ronald Pickup e Maggie Smith. Como coadjuvantes temos ainda o hiperativo e sempre carismático Dev Patel, protagonista de Quem quer ser um Milionário. Ao seu lado está a novata de Bollywood Tena Desae.

Cada um a sua maneira tem de drilhar os demônios de seus passados enquanto se adaptam, ou não, á confusão de cores, odores, sabores e vida da antiga colônia. Em meio a essa confusão que os põe frente a frente consigo mesmos redescobrindo quem são e para onde vão, novos amores nascerm e antigos renascem. Além de é claro, aceitar o fato que o tão exótico hotel não é assim tão exótico, na verdade não passa de um nome bonito na internet e muito photoshop para atrair hóspedes.

Naquele misto discreto caracteristicamente britânico de fundir drama e comédia, O Exótico Hotel Marigold é um daqueles filmes que consegue reunir uma constelação inteira de astros do cinema sem que o peso de seu nome seja maior que a linha que guia o roteiro. Sendo uma espécie de Simplesmente Amor mais deprimente e para a terceira idade o filme talvez falhe em determinados momentos quando acaba esquecendo alguns personagens por tempo demais antes de voltar para eles.

O Exótico Hotel Marigold é um filme excelente de refleção e meditação feito em um estilo tão inglês que sua discrição o torna ainda mais cativante. Quando descoberto se torna uma verdadeira jóia rara como se pertencesse a outro mundo, um mundo longíncuo e fasciante onde a regra básica é viver.

O filme tem estreia marcada para 11 de maio.

Trailer

Anúncios

Publicado em 28 de abril de 2012, em CRÍTICA - FILMES e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Saiba mais sobre o filme na página oficial: https://www.facebook.com/oexoticohotelmarigold

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: