Muamar Kadafi (1942 – 2011)

No último dia 20, o líder líbio Muamar Kadafi foi morto com um tiro na cabeça. O ditador foi encontrado escondido em um cano de drenagem em sua cidade natal, Sirte, ao lado do filho Mutassim que também foi morto. Sirte era o último bastão onde imperava o poder de Kadafi.

Omran el Oweib, comandante das forças revolucionárias disse que seus homens queriam executar Kadafi no exato momento de sua captura mas que ele próprio se mostrou contra, querendo levar o ditador aos braços da justiça. De acordo com o comandante Kadafi chegou a andar cerca de dez passos antes de ser atacado pelos combatentes enfurecidos. Oweib assumiu a responsabilidade pela morte do corpo do coronel Muamar Kadafi já que foram seus homens quem o alvejaram com tiros. Kadafi morriu a caminho do hospital.

Os corpos de Kadafi e seu filho foram levados até a cidade portuária de Misrata, no norte do país, onde foram expostos em um container refrigerado em uma vitrine de um shopping center. Centenas e centenas de pessoas se reuniram para ver pai e filho mortos já em estado de decomposição. Os corpos de Kadafi e Mutassim serão entregados a família do ex-líder líbio.

Especulasse que saif al Islam, outro filho de Kadafi, dado como foragido estava em companhia do pai e do irmão em seu esconderijo no cano de drenagem. Acreditasse que Saif al Islam seria o sucessor do pai. Muamar Kadafi tem oito filhos, alguns foram mortos junto das famílias durante deste ano e outros foram capturados pelas forças revolucionárias.

corpo de Muamar Kadafi

No poder desde a revolução de 1969 o ditador de 69 anos começou a enfrentar a revolta do povo em fevereiro deste ano quando a população mostrou-se motivada após a onda de protestos que derrubaram os presidentes da Tunísia e do Egito. Porém a ação logo se tornou uma guerra civil que contou com a intervençaão da ONU e das forças da Otam. Em 20 de agosto os rebeldes iniciaram a tomada da capital Trípoli enfraquecendo o poder do ditador.

Após cerca de oito meses de conflito estimasse que aproximadamente 20 mil pessoas morreram desde o início da insurreição líbia.

O primeiro-ministro líbio, Mahmoud Jibril disse à rede londrina BBc que gostaria que Kadafi não estivesse morto e que ele gostaria de ter sido o promotor no julgamento do ditador onde ele teria de responder as perguntas do povo. Jibril mostrou-se a favor de uma insvestigação completa sobre a morte de Kadafi assim como deseja a ONU. Jibril vai se retirar de seu cargo como havia prometido e uma governo interino será formado até que as eleições presidencias ocorram em junho do ano que vem. Acreditasse que o processo de democratização da Líbia dure cerca de dois anos.

Vídeo que mostra corpo de Kadafi

Anúncios

Publicado em 23 de outubro de 2011, em QUALQUER ASSUNTO e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. È uma pena, seria tão bom se ele estivesse vivo, eu o admirava pela sua garra, força e tem que ser assim, tem que dar ordens sim comandar com mãos de ferro sim, esse monte de bosta que agora vão sofrer pra caramba, seria bom que seu filho ficasse em seu lugar e matasse um por um desses rebeldes malditos, malditos, Saif governaria e daria continuidade ao projeto de seu pai e mostraria ao bam bam bam Obama, que quem manda é ele, e estou torcendo para que Obama vá pro inferno que a morte do meu querido ditador MUAMAR KADAFI não seja em vão, que na LIBIA nunca se terá paz, se eu fosse homem iria pra lá, me aliar aos pessoal do KADAFI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: