DISCOTECA BÁSICA – LOVE / FOREVER CHANGES

A banda Love foi formada em 1965 e nunca em toda a sua existência conseguiu chegar ao topo das paradas.

Após lançar 2 ótimos albums, nos presenteou em 1967 com um dos maiores clássicos da história do rock. FOREVER CHANGES foi elogiado pela crítica desde o momento de seu lançamento e acabou se tornando um dos discos mais importantes de todos os tempos. Mesmo assim, o grande público ainda não conhece muito bem o som do Love. Aliás, que som… uma mistura de psicodélico, com ótimas melodias e arranjos perfeitos em um ritmo que fica na cabeça e nos faz imaginar como seria viver naquela época.

Não vou destacar nenhuma faixa em especial, todas merecem a sua atenção. Aí vão elas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Forever Changes

Forever Changes, de 1967

 

LADO A	
1. Alone Again Or						        03:16
2. "A House Is Not a Motel					        03:31
3. Andmoreagain							        03:18
4. The Daily Planet						        03:30
5. Old Man							        03:02
6. The Red Telephone						        04:46
	
LADO B								        
1. Maybe the People Would Be the Times or Between Clark and Hilldale	03:34
2. Live and Let Live							05:26
3. The Good Humor Man He Sees Everything Like This			03:08
4. Bummer in the Summer						        02:24
5. You Set the Scene						        06:56

 

Anúncios

Sobre Thiago Mourato

Estudante de jornalismo em São Paulo. Utiliza esse espaço para compartilhar sua visão sobre assuntos da atualidade.

Publicado em 20 de setembro de 2011, em DISCOTECA BÁSICA e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: