Deus salve a rainha

 

Muitos conhecem a história de Cleópatra, a rainha do Egito que reinou e morreu há milênios atrás antes mesmo do nascimento de Jesus Cristo. Histórias sobre ela transcorreram através do tempo e se enraizaram na cultura popular. Mesmo sem saber quem é a maioria pelo menos já ouviu o seu nome, mas será possível uma pessoa morrer duas vezes? O dia de hoje foi marcado pela morte de uma rainha. Não necessariamente do Egito mas do cinema, uma rainha que ficou marcada por interpretar uma outra, Cleópatra, esta foi Elizabeth Taylor que brilhou, encantou e imperou soberana e conquistou uma vasta legião de súditos ao longo de seu reinado.

Foi em 27 de fevereiro de 1932 que Liz Taylor nasceu em Londres filha de um casal americano. Com dez anos conseguiu seu primeiro papel e ainda por cima era o de protagonista em um filme para a Paramount. Com o passar do tempo Liz evoluiu como atriz e se tornou mulher hipnotizando milhões com sua beleza clássica de pele leitosa, cabelos nigérrimos, boca bem desenhada, sobrancelhas acentuadas e olhos cor de violeta. Liz interpretou papéis clássicos em filmes também clássicos dignos de uma estrela de seu porte. Seu papel mais marcante até os dias de hoje é na super produção Cleópatra de 1963 que apesar do custo exacerbado para a época de US$44 milhões não foi capaz de tirar a 20th Centurt Fox do vermelho arrecadando mundialmente apenas a quantia de US$57 milhões. Liz também estrelou filmes como Quem Tem Medo de Viginia Woolf? ao lado de um daqueles que integraram a sua vasta lista de conjuges, Richard Burton com quem contracenou também em Cleópatra. Em 1944 Liz integrou o elenco de Jane Eyre de Orson Wells, fato conhecido por poucos.

Elizabeth Taylor como Cleópatra


Mas Elizabeth Taylor não brilhou somente dentro das telas como também fora delas ao defender e se engajar em serviços humanitários e desempenhar um forte papel em causas filantrópicas. Liz foi agraciada pela rainha da Inglaterra, sua compatriota e xará com a Ordem do Império Britânico e recebeu o título de Dame além de também ter recebido do ex-presidente americano Bill Clinton a segunda mais importante medalha que um civil norte americano pode receber, a Presidential Citizens Medal oferecida a ela pela realização de seus diversos serviços filantrópicos.

A Cleópatra do cinema que recusou um Oscar honorário na 75ª premiação da academia também ficou conhecida por ter se casado oito vezes, duas delas com o ator Richard Burton e por ter problemas com o álcool.

Com o passar dos anos a atriz que foi a primeira mulher a superar um salário de um milhão de dólares por um filme  foi envelhecendo e deixando o cinema de lado para se dedicar às sua causas altruístas já mencionadas. Adoeceu e durante anos sofreu de insuficiência cardíaca crônica além de em 1997 ter tido de passar por uma operação para a retirada de um tumor no cérebro e por mais de cinco anos até sua morte fez uso de uma cadeira de rodas para poder lidar com sua dor crônica.  Em fevereiro Liz foi internada apresentando novos sintomas a sua insuficiência cardíaca no Centro Médico Cedars-Sinai em Los Angeles onde morava e após uma cirurgia faleceu aos 79 anos de idade.

Elizabeth Taylor assim como outros se foi. Deixou de ser um dos maiores ícones vivos e foi de encontro a tantos outros com quem continuamos a nos emocionar sempre que nossos olhos os vêem. Ao mais discreto som percebido por nossos tímpanos de uma trilha clássica de algum filme grandioso nossas emoções explodem dentro de nós e nos vemos sentados para mais uma sessão em companhia de algum grande astro. Elizabeth, a rainha, do cinema, não a da Inglaterra, a partir de hoje vai deixar saudades e assim como Cleópatra será sempre lembrada por suas histórias fantásticas. Como um de seus muitos súditos me coloco de joelhos e a saúdo mais uma vez.

Anúncios

Publicado em 23 de março de 2011, em FILMES e marcado como , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: