Persistência e amor de um Santo

Não é fácil ser um jogador de futebol amado por sua torcida durante quase duas décadas.
Mais do que ser amado pela torcida de seu clube, Marcos, goleiro do Palmeiras, sempre foi querido por muitos torcedores de vários outros clubes brasileiros, não só pela sua humildade, mas também pela sua alegria, simpatia e carisma.
A torcida palmeirense canonizou o goleiro em 1999, depois de fazer defesas milagrosas na Libertadores da América daquele ano.
Desde então, Marcos virou ídolo, provou que é possível ter amor e ser fiel a um único clube.
Em 2002, o goleiro foi um dos destaques brasileiros na conquista da Copa do Mundo. Provou que um Santo faz milagre em qualquer lugar.
Depois da bela atuação no torneio mundial, o Arsenal da Inglaterra tentou contratá-lo de qualquer maneira, mas foi aí que o goleiro mostrou para quem quisesse ver o seu amor pelo Palmeiras. Mesmo com o time alviverde rebaixado para a 2ª divisão naquele ano, Marcos recusou a proposta milionária para ajudar o clube do coração a voltar à elite do futebol brasileiro. Essa foi a prova de amor que o torcedor mais gostaria de ver em um jogador. Depois desse dia, mais nada iria abalar o carinho da torcida com o atleta.
Os anos foram passando, Marcão foi vítima do tempo e teve uma série de problemas com as lesões em seu corpo, afinal, sempre suou sangue pelo Palmeiras, sempre lutou, nunca deixou de se esforçar ao máximo para fazer a alegria dos torcedores.

Em 2004 contundiu o punho e o polegar esquerdo.
Se recuperou rapidamente e voltou a defender o clube.
Em 2006 ficou quatro meses parado.
Em 2007 fraturou o antebraço.
Em 2008 voltou com força total sob olhares desconfiados de boa parte da imprensa, mas foi campeão paulista com o Palmeiras, onde, antes da final com a Ponte Preta, fez um discurso nos vestiários que arrepia qualquer um que entende a dor e os problemas que o dono da camisa 12 do Verdão passou: “Tanto tempo que eu fiquei quebrado no vestiário fazendo tratamento lá pra voltar… Eu me quebro tudo de novo.. Juro por Deus, Eu me quebro tudo de novo mas não vou perder nem a pau!NEM A PAU! Quebro minha perna, quebro meu pescoço se tiver que quebrar dentro dessa m…., eu não vou perder.. porque eu sei o que eu sofri pra estar aqui e eu sei o que vocês sofreram também. Então, véio, eu não vou ter medo de errar, se eu errar, f..!
Mas eu vou arriscar, véio, que nem contra o São Paulo, se eu tiver que jogar de líbero eu jogo nessa p.., mas eu não vou perder,EU NÃO VOU PERDER, porque a gente sabe o que fez para estar aqui!”

Havia declarado que em 2009 encerrava sua carreira, mas desistiu após o Palmeiras embalar no Brasileirão. Infelizmente, não conseguiu ser campeão.
Em setembro de 2010, mais uma grave lesão no joelho o tira dos gramados. Dessa vez muitas pessoas duvidaram de sua volta, a aposentadoria era novamente cogitada, mas um Santo nunca se entrega.
No dia 27 de janeiro de 2011, Marcos voltou a ser titular no Palmeiras após pouco mais de 4 meses de tratamento. E em sua volta, o alviverde conseguiu uma vitória por 3×1 contra o Paulista de Jundiaí, pelo campeonato Paulista.
37 anos, ídolo da torcida, exemplo de humildade, carisma, alegria, bom humor, simpatia e em grandes condições de “fechar” o gol palmeirense.
Sim Marcão, você é um exemplo não só de amor ao clube, mas de superação e boa vontade. Provou e mostrou para muita gente os seus valores e a sua vontade de sempre dar a volta por cima. Você nunca foi dúvida, sempre foi realidade.
Merece para sempre o aval de Santo!
Parabéns São Marcos, são pessoas como você que nos faz acreditar que o futebol ainda vai ser muito melhor, com menos marketing e mais amor.
Você é Santo para palmeirenses, corinthianos, são paulinos, flamenguistas, para amigos e principalmente para sua família.
Seu pai está orgulhoso de você, pode ter certeza!
Continue assim, cheio de títulos, não só pelo clube, pessoais.
“Sem luta não há conquista.”

Anúncios

Sobre Bruno Rizzato

Jornalista com idéias diferentes na cabeça, buscando um espaço para compartilhá-las com vocês, internautas intelectos. Amante de boa música e assuntos relacionados a esporte, blogueiro por satisfação e feliz por opção. Formado em 2013, pela Universidade Anhembi Morumbi, atualmente cursando pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Multimídias, tem vasta experiência na área, já tendo trabalho em redação, assessoria de imprensa e mídias sociais. Já trabalhou com os jogadores da Seleção Brasileira, Paulinho e Bernard, fez estágio de treinamento na Sociedade Esportiva Palmeiras e o maior orgulho foi a realização de um documentário sobre o rock progressivo brasileiro na década de 70.

Publicado em 29 de janeiro de 2011, em FUTEBOL e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Nossa , emocionante …
    Este é o cara

  2. este e o sao marcos grande marcao enfim sem palavras pra descrever oq ele representa para a torcida palmeirense e isso ai sao marcos

  3. marcao sem palavras vc e demais

  4. Muito bom!!! Marcão é foda. No fim do ano, quando se aposentar, será muito difícil para ele, e nós, torcedores.. serei uma pessoa completamente desolada nesse dia! O que esse cara é e foi para o Palmeiras, ficará para sempre marcado. Simplismente um ídolo, no qual pretendo seguir pelo resto da minha vida.

  5. `Poxa amei seeu texto, muito profundo,o São Marcos mereçe isso e muito maais .

    Parabéns !!!

  6. Nuss arrepiou !

    SÃO MARCOS, NUM PARA NUM PARA NUM PARA NÃO !

  7. Esse video tem que ser mostrado para os jogadores atuis do Palmeiras, para eliminar o coritiba aqui em São Paulo. Por favor alguem tente fazr isso pelo bem do Nosso Palmeiras..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: