Pelé agradece!

Mais uma do Santos.
O time que vem jogando de forma encantadora (não muito nos últimos jogos), conquistou a Copa do Brasil na noite de ontem, contra o Vitória.
O público era assustador: a torcida do time baiano lotou as arquibancadas e a torcida santista também lotou a sua área de visitante de forma espetacular.
Só cabiam aos jogadores para o espetáculo ficar QUASE perfeito.
Esse QUASE diz respeito ao gramado. O Barradão já teve dias melhores. Lama, buracos, morrinhos e ainda com ajuda da chuva que insistia em cair na Bahia.
Pode-se dizer que o Santos não jogou mal…mas também não jogou bem.
Tanto que perdeu. 2×1 para o Vitória, gols de Wallace e Júnior no segundo tempo, e Edu Dracena abriu o placar para o lado do peixe.
Mas mesmo assim, a vitória por 2×0 na Vila na partida de ida garantiu a festa santista.
Gostaria de compartilhar com todos os leitores a minha mais humilde e pouco significativa opinião: Não são 2 títulos que garantem um time imbatível e tampouco é motivo da garotada levantar a cabeça e pensar: “somos fodas!” Isso porque eles deixaram a desejar em campo…e muito. A mídia, que sempre tenta derrubar, dessa vez amorteceu devido ao título. Disseram que Neymar deu o passe pro gol, mas não mostrou as 5 vezes que ao invés de tocar a bola tentou driblar os adversários e perdeu todas. Nem mostrou que Wesley se escondeu o jogo inteiro. Tudo bem, a qualidade dessa galera é indiscutível, mas tem que botar os pés no chão.
Parabéns Santos.

Anúncios

Sobre Bruno Rizzato

Jornalista com idéias diferentes na cabeça, buscando um espaço para compartilhá-las com vocês, internautas intelectos. Amante de boa música e assuntos relacionados a esporte, blogueiro por satisfação e feliz por opção. Formado em 2013, pela Universidade Anhembi Morumbi, atualmente cursando pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Multimídias, tem vasta experiência na área, já tendo trabalho em redação, assessoria de imprensa e mídias sociais. Já trabalhou com os jogadores da Seleção Brasileira, Paulinho e Bernard, fez estágio de treinamento na Sociedade Esportiva Palmeiras e o maior orgulho foi a realização de um documentário sobre o rock progressivo brasileiro na década de 70.

Publicado em 5 de agosto de 2010, em FUTEBOL e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: