A derrota de 11 guerreiros celestes

Uruguai e Holanda protagonizaram um jogaço de semifinal da Copa do Mundo!
Desde o começo a Holanda mostrou sua qualidade no meio campo e sua facilidade no toque de bola, enquanto o Uruguai entrou disposto a marcar firme e contar com a genialidade de Forlán.
Mas quem abriu o placar foi Van Bron…Van Bronck…eita nome complicado! Van Bronckhorst!
Mas foi um golaço! De fora da área ele desceu um canudo na furquilha sem chances de defesa ao goleiro Muslera.
E o primeiro tempo parecia que ia acabar desse jeito, se não fosse Forlán. O craque fez lindo lance individual, e de perna esquerda chutou com força, e contou com frango de Stekelenburg. 1×1 no primeiro tempo.
O segundo tempo ainda estava por vir…e que segundo tempo…
Sem mais detalhes, Sneijder mostrou para que veio, e marcou um belo gol colocado. Lance discutível, pois Van Persie tentou desviar a bola e estava em posição irregular, na minha opnião, impedimento! Mas o bandeira preferiu não arriscar e validou o gol.
E logo depois Robben ampliou a vantagem.
Aí o jogo desandou, Uruguai estava muito melhor mas tomou 2 gols, mas algo deve ser ressaltado: Ao contrário dos nosso jogadores brasileiros, o Uruguai lutou…e lutou até o fim.
Mesmo sem Forlán, substituído, Uruguai diminui o marcador nos acréscimos, e não parou mais de atacar…o time foi pra cima e mostrou uma garra incrível, mas não dava mais tempo.
Agora a Copa do Mundo será apenas uma Eurocopa, e a América do Sul não tem mais representantes.
Mas valeu Uruguai, vocês deram muito mais valor ao lugar que estavam do que o Brasil, e não perderam a cabeça, ouviu Felipe Melo?
Uruguai ainda brigará pelo terceiro lugar da Copa.
Mas como diz o título do post, os guerreiros celestes foram derrotados, mas perderam com honra, como os verdadeiros guerreiros devem perder!

Anúncios

Sobre Bruno Rizzato

Jornalista com idéias diferentes na cabeça, buscando um espaço para compartilhá-las com vocês, internautas intelectos. Amante de boa música e assuntos relacionados a esporte, blogueiro por satisfação e feliz por opção. Formado em 2013, pela Universidade Anhembi Morumbi, atualmente cursando pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Multimídias, tem vasta experiência na área, já tendo trabalho em redação, assessoria de imprensa e mídias sociais. Já trabalhou com os jogadores da Seleção Brasileira, Paulinho e Bernard, fez estágio de treinamento na Sociedade Esportiva Palmeiras e o maior orgulho foi a realização de um documentário sobre o rock progressivo brasileiro na década de 70.

Publicado em 6 de julho de 2010, em FUTEBOL e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: