Alguém para esse moleque?

O time do Santos já tem um apelido: Fênix.

Ano passado apresentou um futebol pífio e ostentou uma péssima colocação no Campeonato Brasileiro. De uma hora para outra, ou melhor, de um ano para outro, o time mudou completamente. Mudou técnico, mudou parte do elenco, mudou estilo, etc etc.

Mas o mais importante: mudou a auto-estima. E ainda mais, se fortaleceu com a chegada de Robinho.

E essa renovada no time da famosa Vila, mostrou para o mundo uma revelação do novo futebol, do famoso “futebol moleque”: Neymar.

O que em 2009 era uma promessa em 2010 virou realidade! E que realidade!

Junto com sua “trupe”, Paulo Ganso, André, Robinho, Arouca, Marquinhos, etc, tem encatado a todos os amantes do bom futebol. Além de ótima habilidade e rapidez, o time ainda transmite prazer em jogar ao realizar as famosas dancinhas em suas comemoraçoes de gols. E quantas comemorações! Os placares são sempre elásticos!

O exemplo se deu ontem, Quarta-feira, 14 de abril, onde o Santos venceu o Guarani por 8×1 em jogo válido pela fase eliminatória da Copa do Brasil, contando com 5 gols do garoto Neymar.

Neymar, o novo craque.

O São Paulo que aguarde, pois os dois irão se enfrentar em breve pelas semifinais do Paulistão. Jogo que o São Paulo precisa vencer para inverter o placar de 3×2 para os “Meninos da Vila” no jogo de ida.

Será que vamos ter outro show de Neymar?

Alguem para esse moleque, por favor…

Anúncios

Sobre Bruno Rizzato

Jornalista com idéias diferentes na cabeça, buscando um espaço para compartilhá-las com vocês, internautas intelectos. Amante de boa música e assuntos relacionados a esporte, blogueiro por satisfação e feliz por opção. Formado em 2013, pela Universidade Anhembi Morumbi, atualmente cursando pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Multimídias, tem vasta experiência na área, já tendo trabalho em redação, assessoria de imprensa e mídias sociais. Já trabalhou com os jogadores da Seleção Brasileira, Paulinho e Bernard, fez estágio de treinamento na Sociedade Esportiva Palmeiras e o maior orgulho foi a realização de um documentário sobre o rock progressivo brasileiro na década de 70.

Publicado em 15 de abril de 2010, em FUTEBOL e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: